Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Presidente Epitácio - SP e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura Municipal da Estância Turística de Presidente Epitácio - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Instagram
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
FEV
23
23 FEV 2024
SAÚDE
Secretaria de Saúde realiza reunião para debater as pautas relacionadas ao combate de arboviroses
enviar para um amigo
receba notícias

A Secretaria de Saúde da Estância Turística de Presidente Epitácio realizou uma reunião de Sala de Situação Municipal nesta quinta-feira, (22), para apresentar as atualizações de dados entomológicos e epidemiológicos do município e as ações realizadas pelo Covepe (Controle de Vetores) para controle e combate às arbovírus. 

As arboviroses são as doenças causadas pelos arbovírus, ou seja, incluem os vírus da dengue, zika, chikungunya e febre amarela. A reunião também abordou a situação da leishmaniose no município. O objetivo da Sala de Situação é elaborar estratégias e adotar mecanismos para que a Secretaria de Saúde conte com o apoio de outros departamentos da prefeitura para combater a transmissão dos vírus. 

De acordo com Reinaldo Ferreira, encarregado do Controle de Vetores de Presidente Epitácio, entre as principais ações no combate à leishmaniose está o encoleiramento de cães e a qualificação dos agentes de saúde para o diagnóstico mais rápido da doença, para iniciar o tratamento. 

No caso da dengue, os agentes da Covepe atuam na busca ativa por focos em quintais, terrenos e residências, além da distribuição de caçambas comunitárias, visitas em escolas para conscientização da população, e a notificação de terrenos baldios, com repasse ao setor de fiscalização. 

Em 2023 foram distribuídas 350 caçambas comunitárias pelos bairros do município, entre janeiro e fevereiro de 2024 100 caçambas foram programadas para distribuição. Entre dezembro do ano passado e janeiro deste ano 10 mil pneus foram encaminhados para destinação correta, após serem recolhidos de oficinas, garagens, funilarias e borracharias.

O Secretário de Saúde de Presidente Epitácio destacou a importância do apoio de outros setores da prefeitura, como a Secretaria de Obras, Meio Ambiente, Gabinete, Imprensa e Ouvidoria. “Epitácio está com números controlados da doença, mas as cidades do entorno não estão, isso oferece um risco, pois recebemos visitantes que podem trazer o vírus, por isso é importante intensificar os cuidados, principalmente porque os meses de março e abril são considerados o pico de transmissibilidade da doença”, disse.

Ao comparar os dados, em 2023 nesta mesma época do ano os casos registrados chegavam a 150, este ano são 14 notificações, sendo 4 confirmados, 5 negativos e 5 aguardando laudo. A reunião contou com a presença da articuladora do DRS, Maria Helena Barbosa, que reforçou o papel das unidades de saúde no diagnóstico rápido e atendimento atencioso aos pacientes, mesmo antes da confirmação dos exames sorológicos. 

As enfermeiras das unidades de saúde do município participaram da Sala de Situação para repassarem aos agentes de saúde a abordagem mais precisa para o início imediato do tratamento. “Todas as pessoas sintomáticas devem ser orientadas a manter a hidratação e a evitar o esforço físico, assim que for diagnosticada a doença e comprovada por meio de exames deve ser realizado o acompanhamento deste paciente”, disse Maria Helena. 

De acordo com a enfermeira da Vigilância Epidemiológica, Sarah Gomes da Cruz Cano, Presidente Epitácio é uma unidade sentinela, ou seja, monitora os sorotipos da doença que estão circulando na região, portanto a coleta de oito amostras mês serão processadas pela metodologia de RT-q PCR para Dengue, Chikungunya e Zika e amostras de soro coletadas até o 5º dia do início de sintomas. 

Este ano, a novidade na detecção da dengue é o fornecimento de testes rápidos que podem ser realizados na ESF (Estratégia Saúde da Família) com os pacientes que apresentarem sintomas da dengue, como febre alta, manchas pelo corpo, dor nas articulações, cansaço, diarreia, dor abdominal, entre outros. 

A população pode procurar a unidade de saúde do bairro assim que apresentar os sintomas para o diagnóstico e início imediato do tratamento. Em casa, o apoio dos munícipes é fundamental, desde o recebimento dos agentes da Covepe, até a manutenção da limpeza de quintais e terrenos. 


 
Fonte: Secretaria de Saúde
Autor: Assessoria de Comunicação
Local: Presidente Epitácio - SP
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia