Ir para o conteúdo

Prefeitura Municipal da Estância Turística de Presidente Epitácio - SP
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
AGO
09
09 AGO 2021
O Serviço de Acolhimento Institucional - Casa Abrigo de Presidente Prudente tem seus serviços iniciados
enviar para um amigo
receba notícias
Sexta-feira (06), em Presidente Prudente, o CIOP (Consórcio Intermunicipal do Oeste Paulista) convocou uma Solenidade de abertura para marcar o início do funcionamento da Casa Abrigo – Serviço de Acolhimento Institucional de Presidente Prudente e região, que irá receber mulheres vítimas de violência doméstica e seus filhos.

Como autoridades, participaram da mesa o prefeito de Presidente Prudente, Ed Thomas, o prefeito de Iepê e presidente do Ciop, Murilo Nobrega, a defensora pública, Giovana Rota, a representante do Coletivo Frente pela Vida das Mulheres, Aline Scarelli, a representante do Ministério Público do Trabalho, Vanessa Martini, a juíza de direito, Cibele Carrasco e a representante do Ministério Público Estadual, Vanessa Zorzam.
Já representando o nosso município estiveram presentes o Vice-Prefeito Moisés, a Secretaria de Assistente Social Dulce Rizatto e a Assistente Social Simone.
O serviço atenderá oito (08) cidades do Oeste Paulista, sendo elas: Presidente Epitácio, Martinópolis, Naranbida, Presidente Bernardes, Rancharia, Regente Feijó, Taciba e Presidente Prudente. A Casa Abrigo está montada e equipada com recursos do Ministério Público do Trabalho (MTP) e da Justiça do Trabalho e será mantida com ajuda do Estado e dos oito municípios acima citados.

Para ter acesso a casa a vítima deverá registrar formalmente os casos de violência através da Polícia Militar ou Delegacia da Mulher, ou buscar qualquer órgão pertencente a rede de proteção à mulher. A partir disso, a depender do caso concreto e da existência de vaga, os serviços encaminham o pedido para a executora responsável.

Para a segurança das vítimas e de seus familiares o endereço do imóvel é confidencial.
 
Autor: Heloara Rodrigues
Seta
Versão do Sistema: 3.2.6 - 05/09/2022
Copyright Instar - 2006-2022. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia